TVRO, Sat HD, Nova Parabólica? A gente te explica o que isso significa

Leia também

Redação
Redaçãohttps://alemdatela.com
O Além da Tela é produzido por colaboradores capacitados que analisam e checam diversas informações ao longo do dia. A equipe segue um padrão editorial e um código de conduta.

Com a expansão da oferta de conexões em 5G pelo país, diversos proprietários de antenas parabólicas começaram a sentir dificuldades para acompanhar seus canais favoritos. A conexão 5G nos celulares pode causar problemas para os satélites que usam a banda C. É como se ambas as tecnologias estivessem falando na mesma frequência e isso pode atrapalhar a comunicação.

Siga-nos:
    Whatsapp    Facebook     Twitter / X    

A banda C é como uma “estrada” que os satélites usam para transmitir informações importantes, como a previsão do tempo e comunicações. Mas, quando o 5G entra em cena, ele também quer usar essa “estrada”, e isso pode causar interferências, como uma espécie de “ruído” que dificulta a transmissão correta das informações pelos satélites.

- Publicidade -

Com isto, siglas e novos nomes começaram a aparecer causando confusão para as pessoais menos entusiastas sobre as parabólicas. Pensando nisto, explicamos aqui rapidinho o que significa cada um destes termos:

Banda C

- Publicidade -

A banda C de satélite refere-se a uma faixa específica de frequências do espectro eletromagnético, geralmente situada entre 4 e 8 gigahertz (GHz). Essa banda é amplamente utilizada para comunicações via satélite, abrangendo transmissões de televisão, telefonia e serviços de dados.

Banda KU

A banda Ku de satélite é uma faixa específica do espectro eletromagnético que compreende frequências mais altas do que a banda C, geralmente situada entre 12 e 18 gigahertz (GHz). Assim como a banda C, a banda Ku é amplamente utilizada em comunicações via satélite, oferecendo capacidade para transmissões de televisão, serviços de internet e comunicações corporativas. O uso da banda Ku é vantajoso devido à sua capacidade de proporcionar maior largura de banda, possibilitando a transmissão de volumes significativamente maiores de dados. Apesar de uma maior suscetibilidade à absorção atmosférica em comparação com a banda C, a banda Ku é frequentemente preferida para aplicações de transmissão direta para antenas parabólicas menores, tornando-a uma escolha comum para serviços de televisão por satélite e conectividade de banda larga em todo o mundo.

LNBF

Um LNBF (Low Noise Block Feedhorn) é um pequeno dispositivo que fica na frente de uma antena parabólica, geralmente usada para receber sinais de satélite, como os de TV por satélite. Ele atua como um “coletor” dos sinais que vêm do espaço, direcionando-os para dentro do cabo que vai até o receptor na sua casa. O que o torna especial é que ele consegue fazer isso de forma eficiente, reduzindo o ruído ou interferência nos sinais, garantindo uma recepção de qualidade na sua televisão. Em termos simples, o LNBF é um ajudante importante para que você possa assistir aos seus programas favoritos via satélite sem problemas.

TVRO

TVRO, que significa “Television Receive-Only“, é um termo que se refere a um sistema de recepção de televisão por satélite. Basicamente, é uma maneira de receber canais de TV transmitidos por satélite para sua casa. Quando você tem uma antena parabólica em casa, aquela “antena redonda” que muitas pessoas usam, e um receptor de satélite, você está usando um sistema TVRO. Essa antena parabólica capta os sinais de satélite que transmitem programas de TV, e o receptor converte esses sinais em imagens e sons que você pode ver na sua televisão. É uma maneira popular de acessar uma variedade de canais, especialmente em áreas onde outras formas de transmissão de TV podem ser limitadas. Em resumo, TVRO é uma forma de aproveitar a TV por satélite em casa.

SAT HD Regional

O sistema SAT HD Regional é um tipo de TVRO e surgiu há alguns anos para a Rede Globo disponibilizar seus sinais em Alta Definição via satélite, liberando o sinal da afiliada da região cadastrada. Posteriormente, o sistema foi ampliado e hoje conta com outras emissoras como SBT, Record e Band. O SAT HD Regional utiliza o satélite StarOne D2 para transmitir seus sinais.

Nova Parabólica

Este também é um tipo de TVRO e funciona de forma semelhante ao SAT HD Regional. No entanto, o satélite utilizado é o SKY Brasil 1 (posicionado em 43º West). O nome “Nova Parabólica” é a marca criada pela SKY e utilizada para diferenciar as transmissões do sistema já em uso pelo SAT HD Regional. O diferencial deste sistema é que além dos canais abertos, quem tiver antena apontada para o satélite poderá ainda comprar pacotes pré-pagos da SKY.

- Publicidade -

Com a expansão da oferta de conexões em 5G pelo país, diversos proprietários de antenas parabólicas começaram a sentir dificuldades para acompanhar seus canais favoritos. A conexão 5G nos celulares pode causar problemas para os satélites que usam a banda C. É como se ambas as tecnologias estivessem falando na mesma frequência e isso pode atrapalhar a comunicação.

Siga-nos no     Whatsapp    Facebook     Twitter / X    

A banda C é como uma “estrada” que os satélites usam para transmitir informações importantes, como a previsão do tempo e comunicações. Mas, quando o 5G entra em cena, ele também quer usar essa “estrada”, e isso pode causar interferências, como uma espécie de “ruído” que dificulta a transmissão correta das informações pelos satélites.

Com isto, siglas e novos nomes começaram a aparecer causando confusão para as pessoais menos entusiastas sobre as parabólicas. Pensando nisto, explicamos aqui rapidinho o que significa cada um destes termos:

- Advertisement -

Banda C

A banda C de satélite refere-se a uma faixa específica de frequências do espectro eletromagnético, geralmente situada entre 4 e 8 gigahertz (GHz). Essa banda é amplamente utilizada para comunicações via satélite, abrangendo transmissões de televisão, telefonia e serviços de dados.

Banda KU

A banda Ku de satélite é uma faixa específica do espectro eletromagnético que compreende frequências mais altas do que a banda C, geralmente situada entre 12 e 18 gigahertz (GHz). Assim como a banda C, a banda Ku é amplamente utilizada em comunicações via satélite, oferecendo capacidade para transmissões de televisão, serviços de internet e comunicações corporativas. O uso da banda Ku é vantajoso devido à sua capacidade de proporcionar maior largura de banda, possibilitando a transmissão de volumes significativamente maiores de dados. Apesar de uma maior suscetibilidade à absorção atmosférica em comparação com a banda C, a banda Ku é frequentemente preferida para aplicações de transmissão direta para antenas parabólicas menores, tornando-a uma escolha comum para serviços de televisão por satélite e conectividade de banda larga em todo o mundo.

LNBF

Um LNBF (Low Noise Block Feedhorn) é um pequeno dispositivo que fica na frente de uma antena parabólica, geralmente usada para receber sinais de satélite, como os de TV por satélite. Ele atua como um “coletor” dos sinais que vêm do espaço, direcionando-os para dentro do cabo que vai até o receptor na sua casa. O que o torna especial é que ele consegue fazer isso de forma eficiente, reduzindo o ruído ou interferência nos sinais, garantindo uma recepção de qualidade na sua televisão. Em termos simples, o LNBF é um ajudante importante para que você possa assistir aos seus programas favoritos via satélite sem problemas.

TVRO

TVRO, que significa “Television Receive-Only“, é um termo que se refere a um sistema de recepção de televisão por satélite. Basicamente, é uma maneira de receber canais de TV transmitidos por satélite para sua casa. Quando você tem uma antena parabólica em casa, aquela “antena redonda” que muitas pessoas usam, e um receptor de satélite, você está usando um sistema TVRO. Essa antena parabólica capta os sinais de satélite que transmitem programas de TV, e o receptor converte esses sinais em imagens e sons que você pode ver na sua televisão. É uma maneira popular de acessar uma variedade de canais, especialmente em áreas onde outras formas de transmissão de TV podem ser limitadas. Em resumo, TVRO é uma forma de aproveitar a TV por satélite em casa.

SAT HD Regional

O sistema SAT HD Regional é um tipo de TVRO e surgiu há alguns anos para a Rede Globo disponibilizar seus sinais em Alta Definição via satélite, liberando o sinal da afiliada da região cadastrada. Posteriormente, o sistema foi ampliado e hoje conta com outras emissoras como SBT, Record e Band. O SAT HD Regional utiliza o satélite StarOne D2 para transmitir seus sinais.

Nova Parabólica

Este também é um tipo de TVRO e funciona de forma semelhante ao SAT HD Regional. No entanto, o satélite utilizado é o SKY Brasil 1 (posicionado em 43º West). O nome “Nova Parabólica” é a marca criada pela SKY e utilizada para diferenciar as transmissões do sistema já em uso pelo SAT HD Regional. O diferencial deste sistema é que além dos canais abertos, quem tiver antena apontada para o satélite poderá ainda comprar pacotes pré-pagos da SKY.

Curte o nosso conteúdo? Siga-nos também no:
Telegram    Mastodon     Linkedin
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais notícias

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Últimas notícias