TV Globo reforça novo perfil com “Cara e Coragem”

Leia também

Fabio Maksymczuk
Fabio Maksymczukhttp://www.fabiotv.com.br/
Jornalista, membro do júri de TV na APCA, editor do portal FABIOTV, blogueiro e colunista do Além da Tela, com passagem pelo Portal Imprensa (2009/15) e UOL TV Blogs

Olá, internautas

Siga-nos:
    Whatsapp    Facebook     Twitter / X    

Na última segunda-feira (30/05), a TV Globo estreou “Cara e Coragem”. A nova novela das sete, de Claudia Souto com direção artística de Natalia Grimberg, reforça a mudança de perfil das produções que ocupam a faixa horária.

- Publicidade -

As novelas das sete eram marcadas por um texto leve. Descontraído. Tramas populares de riso fácil. Basicamente, comédias ganhavam destaque. Agora, histórias mais densas conquistam cada vez mais espaço.

Foi assim com “Pega Pega”, outra novela da autora. Mesmo sendo apenas regular, conquistou expressivos índices de audiência em sua primeira exibição. O DNA da novelista já apareceu nos primeiros capítulos de “Cara e Coragem”.

- Publicidade -

É uma produção que aposta em ação, aventura e suspense. O universo dos dublês serve de pano de fundo para as histórias narradas. Nesta primeira semana, a morte de Clarice (Taís Araújo) apareceu envolvida em mistérios. A sósia Anita (Tais Araújo), que surgiu com maior presença no capítulo de sábado (04/06), já provoca especulações junto ao telespectador.

Com as reprises que tomaram conta da programação da TV Globo diante da pandemia do novo Coronavírus, alguns atores e atrizes ficaram com a imagem desgastada. Marcelo Serrado, que interpreta o protagonista Moa, apareceu constantemente nas novelas da emissora, como Fina Estampa, Império e Pega Pega. Ressurge novamente no vídeo. Paolla Oliveira, que vive a outra protagonista Pat, também enfrenta o mesmo dilema. Apareceu em “A Força do Querer”. Já Tais Araújo, que dá vida a Clarice/Anita, mal desencarnou de sua personagem Vitória, em “Amor de Mãe”. Complicado.

Por isso mesmo, é louvável a escalação de dois atores que integram o núcleo central de “Cara e Coragem”. Ícaro Silva, que interpreta o vilão Leonardo, ganha uma excelente oportunidade. Poderá ser o grande nome da novela. Já Paulo Lessa também é outro que conquistou uma ótima chance ao viver o instrutor de parkour Ítalo. Mel Lisboa regressa aos domínios da TV Globo com a megera Regina (Mel Lisboa). Também outra boa novidade.

“Cara e Coragem” não aparece como uma clássica novela das sete. Agora, é acompanhar a reação do telespectador com a proposta da emissora em apostar em outro filão na faixa horária.

Fabio Maksymczuk

- Publicidade -

Olá, internautas

Siga-nos no     Whatsapp    Facebook     Twitter / X    

Na última segunda-feira (30/05), a TV Globo estreou “Cara e Coragem”. A nova novela das sete, de Claudia Souto com direção artística de Natalia Grimberg, reforça a mudança de perfil das produções que ocupam a faixa horária.

As novelas das sete eram marcadas por um texto leve. Descontraído. Tramas populares de riso fácil. Basicamente, comédias ganhavam destaque. Agora, histórias mais densas conquistam cada vez mais espaço.

- Advertisement -

Foi assim com “Pega Pega”, outra novela da autora. Mesmo sendo apenas regular, conquistou expressivos índices de audiência em sua primeira exibição. O DNA da novelista já apareceu nos primeiros capítulos de “Cara e Coragem”.

É uma produção que aposta em ação, aventura e suspense. O universo dos dublês serve de pano de fundo para as histórias narradas. Nesta primeira semana, a morte de Clarice (Taís Araújo) apareceu envolvida em mistérios. A sósia Anita (Tais Araújo), que surgiu com maior presença no capítulo de sábado (04/06), já provoca especulações junto ao telespectador.

Com as reprises que tomaram conta da programação da TV Globo diante da pandemia do novo Coronavírus, alguns atores e atrizes ficaram com a imagem desgastada. Marcelo Serrado, que interpreta o protagonista Moa, apareceu constantemente nas novelas da emissora, como Fina Estampa, Império e Pega Pega. Ressurge novamente no vídeo. Paolla Oliveira, que vive a outra protagonista Pat, também enfrenta o mesmo dilema. Apareceu em “A Força do Querer”. Já Tais Araújo, que dá vida a Clarice/Anita, mal desencarnou de sua personagem Vitória, em “Amor de Mãe”. Complicado.

Por isso mesmo, é louvável a escalação de dois atores que integram o núcleo central de “Cara e Coragem”. Ícaro Silva, que interpreta o vilão Leonardo, ganha uma excelente oportunidade. Poderá ser o grande nome da novela. Já Paulo Lessa também é outro que conquistou uma ótima chance ao viver o instrutor de parkour Ítalo. Mel Lisboa regressa aos domínios da TV Globo com a megera Regina (Mel Lisboa). Também outra boa novidade.

“Cara e Coragem” não aparece como uma clássica novela das sete. Agora, é acompanhar a reação do telespectador com a proposta da emissora em apostar em outro filão na faixa horária.

Fabio Maksymczuk

Curte o nosso conteúdo? Siga-nos também no:
Telegram    Mastodon     Linkedin
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais notícias

- Publicidade -

Últimas notícias