TV Cultura revitaliza acervo e disponibiliza serviço ao mercado

Leia também

Guilherme Santos
Guilherme Santos
Jornalista e entusiasta no mercado de TV e streaming | guilherme@alemdatela.com

A TV Cultura deu um importante passo na modernização do seu acervo. O Cedoc (Centro de Documentação), principal central técnica da emissora, começou a operar com um novo equipamento de última geração, que conta com diversas configurações e acessórios, para acelerar a digitalização de suas matérias jornalísticas, programas, telecursos de várias disciplinas, esporte, entre outros.

Siga-nos:
    Whatsapp    Facebook     Twitter / X    

A nova central implantada na TV Cultura está também disponível para o mercado audiovisual e, além do processamento com películas, converte também para o meio digital os conteúdos gravados em suportes de vídeo hoje considerados obsoletos, desde fitas VHS até HDCam, DVD, mini DV, entre outros.

- Publicidade -

Após concluir o processo de digitalização, catalogação e indexação do valioso acervo da TV Cultura, esse conteúdo será disponibilizado para pesquisa por parte dos interessados — estudiosos, produtores, estudantes, comunicadores, editoras, profissionais da área — por vários meios de comunicação, do site da emissora ao canal de comunicação atualmente já aberto entre os pesquisadores do acervo da TV/Cedoc e o público (acervo@tvcultura.com.br).

Sobre o equipamento

- Publicidade -

O ‘scaner’ Scanstation, da Lasergraphics, é composto de aproximadamente 90 mil rolos de filmes, equivalentes a 11 mil horas de material. Com captura em 6,5K, o scanner realiza a digitalização em alta definição de rolos de filmes 16mm, com pista sonora magnética ou óptica, e tem capacidade para processar filmes com alto índice de deterioração, isto é, quando já apresentam nível de encolhimento e fragilidades físicas que muitos equipamentos não suportam processar.

Ao final do projeto, a TV Cultura terá garantida tanto a preservação das mídias físicas, cada qual em sua reserva técnica dedicada e climatizada, quanto a preservação digital dos conteúdos convertidos do analógico ou natos digitais com o sistema de gerenciamento desses conteúdos.

- Publicidade -

A TV Cultura deu um importante passo na modernização do seu acervo. O Cedoc (Centro de Documentação), principal central técnica da emissora, começou a operar com um novo equipamento de última geração, que conta com diversas configurações e acessórios, para acelerar a digitalização de suas matérias jornalísticas, programas, telecursos de várias disciplinas, esporte, entre outros.

Siga-nos no     Whatsapp    Facebook     Twitter / X    

A nova central implantada na TV Cultura está também disponível para o mercado audiovisual e, além do processamento com películas, converte também para o meio digital os conteúdos gravados em suportes de vídeo hoje considerados obsoletos, desde fitas VHS até HDCam, DVD, mini DV, entre outros.

Após concluir o processo de digitalização, catalogação e indexação do valioso acervo da TV Cultura, esse conteúdo será disponibilizado para pesquisa por parte dos interessados — estudiosos, produtores, estudantes, comunicadores, editoras, profissionais da área — por vários meios de comunicação, do site da emissora ao canal de comunicação atualmente já aberto entre os pesquisadores do acervo da TV/Cedoc e o público (acervo@tvcultura.com.br).

- Advertisement -

Sobre o equipamento

O ‘scaner’ Scanstation, da Lasergraphics, é composto de aproximadamente 90 mil rolos de filmes, equivalentes a 11 mil horas de material. Com captura em 6,5K, o scanner realiza a digitalização em alta definição de rolos de filmes 16mm, com pista sonora magnética ou óptica, e tem capacidade para processar filmes com alto índice de deterioração, isto é, quando já apresentam nível de encolhimento e fragilidades físicas que muitos equipamentos não suportam processar.

Ao final do projeto, a TV Cultura terá garantida tanto a preservação das mídias físicas, cada qual em sua reserva técnica dedicada e climatizada, quanto a preservação digital dos conteúdos convertidos do analógico ou natos digitais com o sistema de gerenciamento desses conteúdos.

Curte o nosso conteúdo? Siga-nos também no:
Telegram    Mastodon     Linkedin
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Últimas notícias