Série sobre Daniella Perez bate recordes na HBO MAX

Leia também

Guilherme Santos
Guilherme Santos
Jornalista e entusiasta no mercado de TV e streaming | guilherme@alemdatela.com

A HBO MAX lançou nesta semana os últimos três episódios de “Pacto Brutal: O Assassinato de Daniella Perez“, série documental que reconstitui detalhes e o julgamento do caso que abalou o Brasil nos anos 1990. A produção tornou-se a série original mais assistida na plataforma no Brasil e América Latina em seus primeiros dias de exibição, superando estreias bem sucedidas de títulos nacionais e internacionais.

Siga-nos:
    Whatsapp    Facebook     Twitter / X    

O sucesso da série documental não é apenas local. No IMDB, uma das principais bases de dados online do mundo sobre produções audiovisuais, a avaliação do primeiro episódio chega a 9,1. A média de “Pacto Brutal: O Assassinato de Daniella Perez” no site é de 8,9.

- Publicidade -

Em dezembro de 1992, a atriz e bailarina Daniella Perez foi assassinada por Guilherme de Pádua e sua esposa, Paula Thomaz, em um crime cruelmente premeditado. A morte prematura da jovem de 22 anos mexeu com o País. O assassinato da Daniella, filha da autora e produtora brasileira, ganhadora do Emmy Internacional, Gloria Perez, ganhou notoriedade e ocupou as primeiras páginas dos jornais nacionais por anos.

A série de cinco episódios traz relatos inéditos e revisita o caso com autoridades do processo. Além disso, conta com depoimentos de familiares e amigos mais próximos de Daniella Perez, que relembram a trajetória da artista: Claudia Raia, Fábio Assunção, Maurício Mattar, Cristiana Oliveira, Marieta Severo e Eri Johnson.

- Publicidade -

A HBO MAX lançou nesta semana os últimos três episódios de “Pacto Brutal: O Assassinato de Daniella Perez“, série documental que reconstitui detalhes e o julgamento do caso que abalou o Brasil nos anos 1990. A produção tornou-se a série original mais assistida na plataforma no Brasil e América Latina em seus primeiros dias de exibição, superando estreias bem sucedidas de títulos nacionais e internacionais.

Siga-nos no     Whatsapp    Facebook     Twitter / X    

O sucesso da série documental não é apenas local. No IMDB, uma das principais bases de dados online do mundo sobre produções audiovisuais, a avaliação do primeiro episódio chega a 9,1. A média de “Pacto Brutal: O Assassinato de Daniella Perez” no site é de 8,9.

Em dezembro de 1992, a atriz e bailarina Daniella Perez foi assassinada por Guilherme de Pádua e sua esposa, Paula Thomaz, em um crime cruelmente premeditado. A morte prematura da jovem de 22 anos mexeu com o País. O assassinato da Daniella, filha da autora e produtora brasileira, ganhadora do Emmy Internacional, Gloria Perez, ganhou notoriedade e ocupou as primeiras páginas dos jornais nacionais por anos.

- Advertisement -

A série de cinco episódios traz relatos inéditos e revisita o caso com autoridades do processo. Além disso, conta com depoimentos de familiares e amigos mais próximos de Daniella Perez, que relembram a trajetória da artista: Claudia Raia, Fábio Assunção, Maurício Mattar, Cristiana Oliveira, Marieta Severo e Eri Johnson.

Curte o nosso conteúdo? Siga-nos também no:
Telegram    Mastodon     Linkedin
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais notícias

- Publicidade -

Últimas notícias