- Publicidade -

Canal que recentemente perdeu os direitos do UFC, o Combate anunciou novos eventos para manter a sua programação atrativa para os fãs de luta em 2023. As novidades começam a entrar no ar nesta quarta-feira, 18 de janeiro, com a estreia do Invicta, principal organização de MMA feminino da atualidade.

- Publicidade -

No card da estreia, que acontece na cidade de Denver, nos Estados Unidos, a partir das 22h55, duas disputas de cinturão envolvendo as brasileiras Talita Bernardo e Ketlen Souza. Na luta principal da noite, a carioca Talita Bernardo encara a americana Taneisha Tennant, atual campeã da divisão dos galos. Ainda no card principal, a amazonense Ketlen “Esquentadinha” Souza, invicta há cinco lutas, enfrenta a americana Kristina Williams, valendo o título da categoria peso-mosca. O canal sportv3 também mostra as duas primeiras lutas da noite.

Outra novidade na programação do Combate nesta temporada é o One Friday Fights. O primeiro evento da série, com duelos de muay thai e MMA, acontece nesta sexta-feira, dia 20, em Bangkok, na Tailândia. Na luta principal, o confronto entre o tailandês Seksan Or. Kwanmuang, múltiplo campeão mundial de muay thai e o australiano Tim Harrison. A penúltima luta reserva um confronto de MMA envolvendo dois finalizadores: o brasileiro Richard Godoy e o russo Alexy Lyapunov. O Combate exibe todas as seis lutas, a partir das 9h30, com a narração de Rhoodes Lima e os comentários de Luciano Andrade.
No sábado, 21, tem o KSW 78, que acontece na cidade de Szczecin, na Polônia, e coloca frente a frente pela segunda vez, o polonês Michal Materla, ex-campeão e atual quinto colocado da divisão dos médios; e o americano Kendall Grove, especialista em jiu-jitsu e que retorna depois de mais de dois anos de inatividade. Já o baiano Kleber “Orgulho” Silva, único representante do país no card, encara o polonês Lukasz Sudolski no duelo que marca a estreia dos dois lutadores na organização.
A partir das 14h55, o Combate exibe todas as emoções do KSW 78, com as narrações de Luiz Felipe Prota e Rhoodes Lima e os comentários de Ana Hissa e Luciano Andrade. O sportv3 e o perfil do Combate no Youtube também transmitem as duas primeiras lutas do card.
- Publicidade -