More

    Reprise de “Haja Coração” reedita dobradinha com “Totalmente Demais”

    Recentes

    - Publicidade -

    Olá, internautas

    Na última segunda-feira (12/10), “Haja Coração” retornou à programação da TV Globo. A novela adaptada por Daniel Ortiz com direção artística de Fred Mayrink e direção geral de Teresa Lampreia sucede a reprise de “Totalmente Demais” que terminou, mais uma vez, como grande sucesso.

    A emissora reedita a dobradinha original. Em 2016, após o encerramento da trama de Eliza (Marina Ruy Barbosa) e Jonatas (Felipe Simas), o canal apostou em “Haja Coração”.  Naquela oportunidade, funcionou. A nova trama, inspirada em Sassaricando, manteve os índices de audiência da antecessora. Porém, sem a mesma repercussão.

    Neste ano, o VIVA resgatou Sassaricando. O telespectador poderá acompanhar, ao mesmo tempo, a obra original e o “remake”. Uma rara oportunidade. Sassaricando é uma das minhas primeiras lembranças concretas de telenovela. Um autêntico sucesso em 1987.

    “Haja Coração” terminou com as histórias paralelas sobressaindo ao núcleo central liderado por Mariana Ximenes e Malvino Salvador. No final da reprise, publicaremos o balanço final divulgado em nosso antigo espaço no UOL.

    A TV Globo, mais uma vez, deixou de lado a reprise de “Ti Ti Ti” que alcançou significativos índices de audiência e repercussão junto ao público. Perdeu essa oportunidade. E até ocorreu uma campanha pelo Twitter para sensibilizar a cúpula da emissora que não atendeu a esse pedido.

    “Haja Coração” não é uma das novelas de destaque da década, mas também não aparece entre as piores, como o remake de “Guerra dos Sexos”. É o mesmo caso de “Flor do Caribe”. Novelas “solares” que alcançaram êxito no IBOPE em suas exibições originais, mas sem deixarem profundas marcas no imaginário afetivo do grande público.

    Fabio Maksymczuk

    Latest Posts

    não perca

    spot_img