Olá, internautas

- Publicidade -

No último sábado (03/09), a Band estreou “Nóis na Firma”. A emissora não esperou o término das Eleições 2022 e jogou o novo humorístico após a exibição do horário eleitoral gratuito noturno. Fica escondido na grade de programação. O momento é inoportuno. Perde o efeito cascata do Jornal da Band”.

A nova atração conta com um bom elenco composto por nomes amplamente conhecidos do telespectador. Protagonizado por Moacyr Franco, o seriado conta com Gorete Milagres, que traz de volta à televisão a já conhecida personagem Filó, Marcelo Médici que vive Júnior Filho, além de Valéria Vitoriano (Rossicléa), Mônica Augusto (Marta Lúcia), os integrantes do Café com Bobagem Oscar Pardini (Silas Sales), Zé Américo (Valdecir), René Vanordem (Ataulfo), Robson Bailarino (Saturnino), Enio Vivona (Vanesso), Ivan de Oliveira (Cândido), e ainda as modelos e influenciadoras digitais Ana Paula Minerato (Glorinha Real) e Aricia Silva (Desirée Bourbom).

É louvável que a Band invista em uma produção nacional que congrega mais de 120 funcionários alocados nos estúdios da antiga companhia cinematográfica Vera Cruz, em São Bernardo do Campo (SP). Movimenta o mercado. Lado positivo. O novo programa trilha a linha do humor tradicional. Mesma escola do Vai Que Cola e A Praça É Nossa.

Apesar disso, a estreia de “Nóis na Firma” arrancou poucas risadas. O texto precisará ser incrementado com humor rasgado. Os atores deverão contar com maior liberdade em cena para trazer mais irreverência. O episódio da estreia ficou preocupado em cumprir o roteiro de uma forma engessada. Esse é o ponto negativo.

“Nóis na Firma” precisará de ajustes.

Fabio Maksymczuk

- Publicidade -