- Publicidade -

Em Julho, o TCM presta homenagem a Robert Mitchum, no domingo, dia 1º, a partir das 14h. De olhar sonolento, mas com o corpo forte de um touro. Aparentemente desinteressado ou entediado, mas com a nostalgia de um herói trágico. Robert Mitchum atingiu o status das grandes estrelas, mas era uma figura completamente atípica dentro do panteão hollywoodiano.

- Publicidade -


Robert Mitchum é o homenageado da vez
Reprodução

Muitos atores percorreram caminhos confusos até chegar à ensolarada Califórnia, mas o passado de Mitchum foi esculpido sob medida para o mito. Vagabundo, presidiário e boxeador: um roteiro que sem dúvida o configurou para virar o herói noir arquetípico dos anos 40 e se tornar o bad boy de Hollywood. Mesmo assim (ou melhor, exatamente por isso) a partir daí a sua estrela subiu. Já consagrado, Mitchum continua interpretando papéis variados, mas sempre com a sua marca inconfundível: em qualquer filme ele se impõe como algo maior do que a vida.

Em Julho a sua fantástica presença e uma seleção dos seus melhores filmes estarão na tela do TCM em uma homenagem ao verdadeiro "durão" de Hollywood.

Confira a programação:
14h – "Fuga do Passado" (Out of the Past – 1947)
15h40 – "O Céu por Testemunha" (Heaven Knows, Mr. Allison – 1957)
17h40 – "El Dorado" (1967)
19h55 – "Círculo do Medo" (Cape Fear – 1962)

- Publicidade -