More

    Guerra midiática aparece em imbróglio da Copa América

    Recentes

    - Publicidade -

    Olá, internautas

    O noticiário, especialmente da TV Globo, adotou um tom crítico à realização da Copa América no Brasil, após a desistência de Colômbia e Argentina em sediarem o torneio futebolístico. “Jornal Nacional” simbolizou tal postura nesta semana com reportagens que evidenciariam o perigo do País organizar a competição. O alarme da “terceira onda” prevaleceu nas matérias.

    Porém, a conhecida guerra midiática também se faz presente nesta postura da emissora platinada. O SBT adquiriu os direitos de exibição da Copa América. Os domínios da Família Marinho ficarão, mais uma vez, de fora na transmissão de um evento esportivo.

    A TV Globo não adota tal postura crítica em relação ao Campeonato Brasileiro que movimenta 20 times em dezenas de rodadas por diferentes Estados pelo País afora. Uma competição muito mais longa em comparação ao torneio sul-americano de “tiro curto”. O canal possui os direitos de transmissão.

    Além disso, a TV Globo também não emprega uma tonalidade mais ácida sobre a realização dos Jogos Olímpicos no Japão onde milhares de esportistas de mais de 150 países adentrarão o país asiático.

    O governo de Jair Bolsonaro apoiou a realização da Copa América em nosso País.  O embate entre a emissora e o presidente fica ainda mais ressaltado pelo tom dos noticiários do canal. As guerras midiática, cultural e política se entrelaçam, cada vez mais.

    Fabio Maksymczuk

    Latest Posts

    não perca

    spot_img