More

    Final absurda tira força de “No Limite 2022”

    Recentes

    - Publicidade -

    Olá, internautas

    Na última quinta-feira (07/07), a TV Globo exibiu a grande final de “No Limite 2022”. Charles Gama sagrou-se campeão do reality show com 51,42% da votação popular. A temporada ficou marcada pelas alianças internas que dizimaram os mais fortes das tribos Lua e Sol.

    Os candidatos mais competitivos saíram um por um. Os medianos avançaram. Clécio, da Tribo Sol, expôs tal situação de forma escancarada. Disse que, propositalmente, se recolheu na fase das tribos e mostrou o seu vigor e potencial na fase individual.

    O telespectador acompanhou, impávido, todas essas eliminações. Por isso mesmo, foi muito bonita a atitude de Tiemi Hiratsuka que preferiu ser votada para deixar o concorrente Janaron na disputa.

    Porém, o indígena sobreviveu pouco tempo no jogo. No programa seguinte, foi eliminado por concorrentes com menor potencial. Essa constante irritou grande parcela do público. E o reality perdeu fôlego nos índices de audiência. A disputa se nivelou por baixo.

    O escoteiro Pedro e o índio Janaron mal chegaram próximos da grande final. Ninha liderou o “complô” feminino. Ficou com a imagem de vilã. No final das contas, nenhuma mulher ficou entre as finalistas.

    A representatividade foi outra marca da temporada 2022. Dos quatro finalistas, três são homossexuais e um bissexual. “Todos afetadíssimos”, ressaltou Victor que comandou a estratégia de defender a sua aliança formada pela “minoria”.

    O maior absurdo de toda a temporada recaiu na grande final. Após ficarem 45 dias na luta pela sobrevivência diária, e das tramoias dentro das tribos, a decisão de quem seria o campeão ficou nas mãos da votação popular ocorrida em poucos minutos. Surreal.

    O reality show deveria ter exibido uma grandiosíssima prova final entre Charles, Ipojucan (que seria o favorito) e Lucas. Foi um balde de água fria. Um anticlímax para o telespectador que acompanhou a atração por meses. Erro grosseiro.

    Fernando Fernandes sobressaiu na apresentação de “No Limite”. Aproveitou a oportunidade. Conseguiu transmitir emoção e garra à frente do reality. O apresentador já anuncia, nos intervalos comerciais, inscrições para a temporada 2023. Neste ano, as provas foram mais desafiadoras e o elenco de anônimos, realmente, enfrentou as intempéries da competição. A aparência esquálida de todos chamou a atenção no vídeo.

    Fabio Maksymczuk

    Latest Posts

    não perca

    spot_img