Olá, internautas

- Publicidade -

No último domingo (28/08), a Band promoveu, ao lado da TV Cultura, UOL e Folha de S.Paulo, o primeiro debate entre os candidatos à Presidência da República. Apesar do temor, todos os presidenciáveis compareceram ao evento.

Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Jair Bolsonaro (PL), Ciro Gomes (PDT), Simone Tebet (PMDB), Felipe D’Avila (Novo) e Soraya Thronicke (União Brasil) duelaram em um debate marcado por instantes tensos.

Soraya Thronicke alcançou o seu melhor momento no encontro ao comentar que as mulheres se transformam em onças no Mato Grosso do Sul com homens “tchutchucas”. Em uma indireta a Bolsonaro. Surpreendeu positivamente. “Lula é o encantador de serpentes”, frisou Ciro Gomes (PDT). Declaração que repercutiu.

Bolsonaro apostou em uma retórica raivosa para aumentar o engajamento nas redes sociais. O atual presidente xingou Lula de ex-presidiário. Em outro momento, o mais tenso em todo o debate, o candidato do PL detonou a jornalista Vera Magalhães. “Você é uma vergonha para o jornalismo brasileiro”, esbravejou aos berros.

Durante o debate, Simone Tebet (MDB) ressaltou que foi professora da Soraya Thronicke, sua rival na corrida presidencial. As duas obtiveram bom desempenho, o que poderá incrementar as intenções de votos nas próximas pesquisas eleitorais. A conferir.

Já Felipe D’Avila não obteve um bom desempenho. Confundiu a Lei Maria da Penha com Lei Maria da Paz. Pegou mal em um ambiente marcado por discussões sobre machismo.

A Band cumpre a sua tradição e fortalece o ambiente democrático em nosso país. O telespectador deu retorno positivo. A emissora conquistou a liderança na média com 13,7 pontos de média.

Fabio Maksymczuk

- Publicidade -