More

    Alex Escobar e Maju Coutinho abrem “respiro” em desfiles das escolas de samba

    Recentes

    - Publicidade -

    Olá, internautas

    Neste feriado de Tiradentes, aconteceu o Carnaval fora de época. Em virtude da pandemia da Covid-19, a festividade foi adiada para abril. Os desfiles das escolas de samba de São Paulo e Rio de Janeiro ocorreram na sexta (22/04) e sábado (23/04).

    A TV Globo transmitiu, apenas para o Estado de São Paulo, o carnaval paulistano. Para todo o País, foi levado ao ar o desfile das escolas de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro. Neste ano, Alex Escobar e Maju Coutinho comandaram a transmissão. A nova dupla deu respiro aos shows das agremiações. Narraram sem excessos.

    O telespectador teve a oportunidade de ouvir mais os sambas-enredo e assistir sem interferências em demasia. O comentarista Milton Cunha sempre eleva a qualidade da cobertura. Pretinho da Serrinha fez comentários pontuais.

    Por outro lado, em São Paulo, os velhos erros permaneceram. Chico Pinheiro e Michelle Barros sobrepunham os shows das escolas de samba. Falaram em excesso. Não há respiro para ouvir os sambas-enredo durante a transmissão. E para piorar a situação, Ailton Graça e Celso Viáfora também contribuíram para a cobertura “poluída”. A escola de samba fica em segundo plano com o “falatório” da equipe.

    O Grupo Globo acertou ao disponibilizar gratuitamente os shows das agremiações de São Paulo e Rio de Janeiro pelo Globoplay. Dessa forma, o telespectador teve a oportunidade de acompanhar os desfiles não exibidos na programação oferecida pela TV aberta.

    Fabio Maksymczuk

    Latest Posts

    não perca

    spot_img